Ilumina-nos!

Arquivo @temflor

Perfume da flor invadindo o ser que habita o corpo em luz dourada, azul, prateada.

Luar em noite sagrada, doces cintilações.

A rainha, sagrado ser.

Lua de prata, percorres as trilhas das almas, emana luz nos caminhos.

Acaricia o espirito, afaga dores e com amor seca lágrimas.

Oh, luz que reluz…

Suas flores tem aroma de paz, suas águas tem cheiro de casa.

Gratidão, moça bonita. Graças ao amor conduzido.

Serena nas águas!

Aho! 🌻💙

~ florzinha!

“Você é igual a uma flor,
A flor é bela, você também.

Ela tem brilho interior, você também.
Você precisa colocar esse brilho para fora, porque esse brilho é seu, e ninguém pode tirar.

Ame mais!”


Em 30/07/2018. 📸📝 Caya Cris

Coral ou Laranja?

Não sei bem ao certo. Laranja, é comida, certo?!

A intrusa nas rosas cor rosa

Tenho dificuldades de esclarecer algumas cores da paleta.

Não sou burra, nem confusa. E não me condeno por isso, tão pouco fico questionando as cores com-de outras pessoas.

Entendo, na percepção, no olhar, na visão, estou certa, e tu também, apenas não enxergamos da mesma forma, com a mesma luz e sombras.

Estudos comprovam essas contradições, mas tanto faz, não ligo para as pesquisas científicas.

O que vejo de interessante nesta contrariedade é como podemos aprender com as diferentes percepções que temos sobre a vida, sobre o mundo.

Uma imensurável grandeza que Deus nos deu.

Deus nos fez seres semelhantes, mas, únicos, incomparáveis, nos detalhes.

Observo os hermanos. Pessoas lindas, cheios de talentos, criativos, e frustrados, deprimidos, todos como eu, sobreviventes.

Vejo alguns, quase mortos, cansados, ansiosos, decepcionados e exaustos. E mesmo assim, continuam todos comparando-se aos padrões suicidas do mundo, porém, continuam.

Continuar é preciso.

Quanto mais querem adequar-se, menos vejo o brilho sincero dos seus sorrisos.

Já não vejo sorrisos nos olhos, nos pés, nas mãos.

Só vejo seus corpos sagrados transformando-se em números e máquinas.

Sinto saudades de seres que ainda não conheci.