Vê é do reino

talvez.

Secos como o copo vazio, encharcados reinos,
arretado primor que quiema notas e palavras.
Conversas, lábios, bondades e corações secos?
Frescor quase frio, quase gelo, quase vestígios.

Ríspidos ventos que norteiam estações inertes.
Doutrinação matinal, silêncio noturno, sais tardios.
Que leituras essenciais admiras, o que escutas?
Ossos do ofício; demostração nula, palavra muda.

Continua leyendo “Vê é do reino”

Domingo…

Receba, os beijos.

  • Tô devolvendo os três.


Lábios, beijando o coração, a mente e o intelecto, em volúpia satisfação.

Toque leve, no semblante, esse, lindo e tímido, por vezes, desconfiado.

Em tempos ensolarados, dois beijos, na altivez do soberano Sol.

Que estação estamos, final de verão?

Continua leyendo “Domingo…”

Enfleurage


“Para qualquer hora, um sorriso na cor da manhã!”


Sinta o leve perfume da flor pousada no bosque da cidade.

Que hermosa és! Observa.


Bia Novo

Bafejo suavíssimo do aroma delicado.

É a flor, que brotou nas antigas madeiras do cais.

Pega, colha a flor. E por gentileza, fotógrafa a simetria resistente e intacta.


Leonardo Coutto

Leva-a para casa, providência um copo com água, cheio, vazio, tanto faz, viverá poucos dias.

Pega um lápis, o papel da carta nunca escrita e retrata a flor da madrugada.


Bia Novo

Ou registra um verso para a poesia da primavera, escreva na pele, imprima na alma.

Agora, ferva a água. Faça um chá, degusta do esplêndido sabor da manhã.


Leonardo Coutto

Ou coma da flor, na salada ou no cupcake da festa de cumpleaños, com direito a tônica, amigos e pôr do sol repleto de bênçãos e esperanças.


Marina Reis

É flor comestível, de sabor agradável?

Cuidado, algumas são tóxicas. Certifica-se, não morra!


Leonardo Coutto

A flor, continua no copo, na mesa da cozinha, jogada no canto da pia?


Leonardo Coutto

Olha, a beleza das pétalas, a luz da cor, ainda enfeita a noite. Sorria!


Leonardo Coutto

Mas, ela murchará, na manhã seguinte ao zelo, despedaça-a.

Sem essa de mau te quer, extraia. É sublime.

Destila, suga o exímio das notas.

Ou aja na frieza francesa, enfleurage!


Bia Novo

Por obséquio, enterra os restos mortais em adubo fértil.


📌Dia do Florista, parabéns!


Marina Reis

Um vendedor de flores/Ensinar seus filhos a escolher seus amores.”


🌵🌼📷 Imagem dos Floristas Profissionais:

Marina Reis | Leonardo Coutto |

Bia Novo

| chuva |

Chuva abençoada.Aproveita para repensar certezas e conceitos!

E Elias disse a Acabe: “Vá comer e beber, pois já ouço o barulho de chuva pesada”. Meditação: 1 Reis 18:41

Que seja doce!

É tishrei, mais um setembro com a graça e com o amor do Deus vivo.

Setembro tem muitos significados na minha vida.

Tishrei, o sétimo mês do calendário, mês em que nasci novamente, mês que Yeshua me abençoou de muitas maneiras, mês que fui curada e presenteada com o sopro da vida.

Época onde as flores mais belas costumam florescer, onde as colheitas são comemoradas.

Mês onde pude vivênciar a real biologia passando pelo meu útero, e a isso, sou grata, ao poder mágico da criação.

Época onde minha conexão com a natureza e com a arte ganharam forma.

Tishrei, sem dúvidas é mês de bênção e celebração, não somente por todo o significado espiritual, mas, por todas as novas experiências chegadas.

Saiba que Tshrei é uma estação de milagres, e estou com o cesto nas mãos, aguardando o anjo terminar a batalha.

É mais um ano meus raros, mais um ciclo de feitos pra nós agradecermos.

Continua leyendo “Que seja doce!”

~ tjukurpa!

Antes de está lá, já havia visto!


Deus não é homem pra nos deixar no escuro. E como foi dito: antes de ter, precisa ser. Ser inteiro, estar por inteiro.

Nunca fui fã do enxadrismo, nunca aprendi a jogar o xadrez, nunca ninguém se propôs a ensinar-me a jogar, e de fato, nunca me interessei, mas, ouvi dizer que rainhas, bispos e cavalos, derrubam um rei.

E como diz o poeta:

“Sua rainha tá ciscando!”.

[Entre a rampa e o corredor, existe um longo processo, e no caminho, tem muitos peões pra tu derrubar, mas, alguns são para te servir. Tem até bispo pra te ajudar, onde está sua torre?.]

Eu te olhei através do vidro, não nos ouvimos. Te perdi no corredor e te deixei na rampa. Como não creio em sorte, estou emanando bênçãos!



Meditação: Marcos 4

Pessach!

Comeu arroz, feijão e ovo o ano inteiro, e estão preocupados, quase abatidos, porque na ceia do feriado não vão ter peixe, piada, né?

Mas, calma irmãos, temos uma solução para essa doença hipócrita, que distorce os bons e velhos costumes.

Consta na ceia tradicional, ervas amargas, pão sem fermento, ovo cozido e vinho aguado na mesa.

Observa o que vocês estão cultivando.

A Páscoa é justamente para lembrar do tempo da escravidão, e como foi bom ser livre.

No meu caso, vou ceiar com chocolate, porque chocolate é da hora!

Chocolate dá prazer, é quase uma ocitocina disfarçada.

Até porque as únicas pessoas que me deixariam com culpa e remorso, seriam a neurologista e o gastro, mas, isto é, uma outra história.

Conclusão: tu és livre, seja grato, come o que tiver na geladeira e seja alegre por respirar.

“Bendito sejas, Senhor nosso Deus, rei do Universo, que nos tens libertado e liberaste a nossos pais do poder do Egito”.