Tem Flor

Liberdade é para Ser Livre!

Eu morro… — 6 Ago 2021

Eu morro…

Eu sempre morro. Ao pôr do sol, eu morro.

Morro quando fecho a porta e tiro a roupa do dia. Morro enquanto a água do chuveiro escorre os restos mortais amontoados sobre a epiderme. Morro quando coloco a roupa que virou pijama de inverno. Morro quando as estrelas invadem as janelas dos quartos. Morro quando mergulho no alcatrão da noite.

Eu sempre morro. Ao pôr do sol, eu morro e ressuscito.

Acabei de morrer o dia do ontem. Agora estou viva no dia de hoje. Olá, não sou a mesma de ontem. Essa que tu leu, apreciou, viveu, amou, morreu! Qualquer coisa do ontem morreu junto, na sombra da Luz que alumia sóis e luas. Morreu. Eu morri o ontem com tudo que havia vindo com ele. Inclusive, Eu.

Eu sempre morro. Ao pôr do sol, eu morro e ressuscito. E ontem, quando morri, algo a mais morreu comigo também. E hoje, não ressuscitou; não ressuscitou!

🌾🌾🌾🌾🌾🌾🌾

Voyajando

Blog de Viagens

Cadê Meu Tesouro

Educação Financeira Sustentável