Publicado en Pensamentos

Bloco de Nota

“Lembre-se de que há três coisas que todo sábio deve temer: o mar na tormenta, uma noite sem luar e a ira um homem gentil.”

Patrick Rothfuss

Publicado en Pensamentos

Bênçãos de Páscoa

A história da Páscoa, tanto judaica, quanto cristã, fala da liberdade retirada de um povo, que viveu oprimido por anos, ofuscados por laços confusos e más escolhas e que finalmente alcança a alforria. Será? Uma vitória na luta, não na batalha, eu diria.

A vivência da liberdade tem um preço, uma escolha e uma consequência. Muitas vezes, dolorosa e cansativa, e necessita de altos investimentos, principalmente o mais valoroso: o tempo. É necessário sacrificar muito, inclusive princípios e pessoas, mas se o objetivo é alcançar a tão sonhada e esperada liberdade, lute. E não se iluda ao ver a liberdade alheia. Não somos capazes de enxergar todos as renúncias que este teve que escolher. Toda escolha tem um preço e o valor, quem dita somos nós. É sobre escolhas sempre.

Trazendo para os dias atuais, eu digo: lute como nossos antepassados! Como grandiosos homens e sábias mulheres, que lutaram para viver sua liberdade e continuar vivos e bem com ela. Fica viva (o).

E vamos ceiar com amor, e por amor! Bendizer nossas refeições, alegrar-se com nossos parentes e amigos, solicitar saúde (abril mês dos caminhos, mês da saúde!), emanar altas vibrações, orar por misericórdia e discernimento, orar por nossas autoridades e responsabilidades, por nossa liberdade.

🕎 Que não nos falte fé no hoje. E que Deus venha entrar nos lares de tantas e tantas famílias que hoje choram, presos, sem ter o que oferecer aos filhos e aos outros, sem sua liberdade de escolha.

Bom mês de Abril! Que todos os dias sejam santos.

Gratidão, Deus.

Publicado en Pensamentos

Se cuida

O Lua tá lindo no céu… brilhante, dono de si, poderoso no poder!

Brisa tocando suave no rosto.

Os dias são estranhos, silêncios barulhentos, lábios ressecados na secura desses movimentos sombrios e incertos.

Há muito o que fazer, e ao mesmo tempo não há. Então, aproveita esses dias retidos.

Coloca seu hobby preferido, durma mais cedo, acorda antes do galo, sinta o chegar do dia… faça seu café, um cafuné no ego, tire o pijama se assim desejar.

Abra sua bebida favorita, pode ser a água com gás, o vinho caro, a cerveja barata… coloca um filme, uma música, um documentário, leia um livro, não há regras, escolha o que desejar.

Cuida-se. E aproveita a sua própria companhia.