Pão de Santo Antônio

A história do pão de Santo Antônio

Conta a história que o pão era distribuído por Antônio entre os pobres nos conventos.

Um dia, um frade chegou para ele e disse que os pães haviam sido “roubados”.

Antônio mandou verificar o cesto e o frade encontrou o depósito transbordando.

Por isso, durante a festa, a igreja distribui pão para os fiéis.

O alimento deve ser colocado na vasilha de cereais, arroz ou farinha para que nunca falte o alimento no lar.

Deus é quem providencia o pão que precisamos para viver. Ele nos sustenta, mesmo nos tempos difíceis. Mas não precisamos apenas de pão normal para viver. Precisamos de pão espiritual. Jesus é o pão que nos mantém espiritualmente vivos.

“O Senhor Jesus, na noite em que foi traído, tomou o pão; e, tendo dado graças, o partiu e disse: Tomai, comei; isto é o meu corpo que é partido por vós; fazei isto em memória de mim. Semelhantemente também, depois de cear, tomou o cálice, dizendo: Este cálice é o novo testamento no meu sangue; fazei isto, todas as vezes que beberdes, em memória de mim.”

1 Coríntios 11

Pão é a guloseima preferida (talvez, tenho tantas), mas sou ruim no forno e fogão, até o ovo sofre para ser frito… rss., a querida hija e a hermana são quem arriscam e testam as receitas, essa foi retirada do Blog Conheça Minas na Cozinha.

Ingredientes

. 1 kg de farinha de trigo
. 4 ovos
. 300 ml de leite
. 30 gramas de sal
. 80 gramas de açúcar
. 100 gramas de manteiga
. 4 colheres de sopa de óleo
. 2 colheres de sopa de fermento biológico fresco

Modo de preparo

  • Em uma vasilha mistura misture o leite o sal, o açúcar, o fermento, a manteiga e os ovos.

  • Acrescente aos poucos a farinha de trigo e mexa bastante por pelo menos 5 minutos ou até que a massa desgrude das mãos.

  • Feito isso, cubra a vasilha com um pano e deixe crescer por 30 minutos.

  • Faça os moldes, redondos e um pouco achatados, deixando-os já em uma forma enfarinhada e deixe crescer por mais 30 minutos.

  • Se preferir, pincele com gema.

  • Leve ao forno pré-aquecido a 200ºC por 30 minutos ou até ficarem dourados.

Bom Dia. Bênçãos! 🍷| Imagens: Pinterest

“É o Senhor que faz crescer o pasto para o gado, e as plantas que o homem cultiva, para da terra tirar o alimento: o vinho, que alegra o coração do homem; o azeite, que lhe faz brilhar o rosto, e o pão, que sustenta o seu vigor.” Salmos 104

2 Comments

  1. Parabéns pelo artigo Cassiane! Gostei muito! Santo António nasceu em Lisboa e a igreja homónima é muito bonita. Um grande ser humano. Eu também adoro pão! Mas sou uma péssima cozinheira!

    1. Então somos duas… 😁😂🙈 Antonio, dono do fogo e do ouro ❤ Nasci no dia de Antonio, não o de Lisboa, mas o da gruta, Santo Antônio de Percierskij, mas ambos foram bons homens.

Deje un comentario

Introduce tus datos o haz clic en un icono para iniciar sesión:

Logo de WordPress.com

Estás comentando usando tu cuenta de WordPress.com. Cerrar sesión /  Cambiar )

Google photo

Estás comentando usando tu cuenta de Google. Cerrar sesión /  Cambiar )

Imagen de Twitter

Estás comentando usando tu cuenta de Twitter. Cerrar sesión /  Cambiar )

Foto de Facebook

Estás comentando usando tu cuenta de Facebook. Cerrar sesión /  Cambiar )

Conectando a %s