Dias melhores virão!

Houve uma dança mundial?

Os casais, com seus tangos, os maestros, em sua ópera fenomenal, jovens surdos e enlouquecidos, e as pernas esvoaçando no ar.

Nada encaixando como verdades, nada fluindo como esperado, nada dando certo, para quem não estava dançando a música que estava tocando.

A música ainda tá tocando.

É o velho, vestido de novo. Uma roupa nova, vestindo velhos corpos.

Parte do mundo, voltando a engatinhar, enquanto outros, continuam dançando na tempestade, tocando as mesmas notas, ouvindo o samba de 1917.

“O chefe da folia/ Pelo telefone / Mandou me avisar / Que com alegria / Não se questione / Para se brincar”

Ernesto dos Santos

A versão modificada, não é tão fina, o chefe da polícia, já dizia que havia uma roleta pra se jogar.

E nos jogamos!

Era preciso parar, paramos?

Era preciso respirar fundo, mas, o ar, era-é impuro, e continuamos à respirar.

Era preciso meditar, ajoelhar e conversar com o Deus que tu crer. Ainda, é, faça isso.

Façamos nossas pedições, enquanto, dançamos sobre o equilibrar do vento que está sacudindo o barco.

Tu és a sua embarcação.

Logo, o barco sacudido, somos nós. Então, ora por nós, nesta hora bendita. Esta pequena atitude, será capaz de mover céus e terra. Creia.

Estamos na tempestade. Não somos.

E, é inteligente saber, que alguns ventos, são necessários.

Ventos trazem mudanças.

Ajudam a sair do campo do conforto e caminhar para onde devemos estar.

Ajudam a trocar as músicas, a cambiar os ritmos que ditam os passos, o humor, a maneira, o caminho.

Ajudam na dança esvoaçante dos pés.

Faz as pernas manterem-se firmes, mesmo, em ambientes grumosos e desfavoráveis.

Onde tu tens pisado?

Situações são geradas e permitidas para chegarmos onde precisamos.

E estamos exatamente onde deveríamos estar.

Só não criem expectativas e ilusões, disfarçadas com vestimentas novas.

É a velha estória do vinho velho, odre novo. Guarda seu odre.

Que música estarás a ouvir nesta bela manhã de segunda-feira?

Bom dia, queridos.

💡Fazendo diferente hoje.

Deixa nos comentários, uma palavra, versículo, citação, música, ou link de algo, que converse com o texto.

Uma semana de observâncias; internas.

Um Abç.


🖼🎨 Julia Trickey

4 Comments

Agregar un comentario

Introduce tus datos o haz clic en un icono para iniciar sesión:

Logo de WordPress.com

Estás comentando usando tu cuenta de WordPress.com. Cerrar sesión /  Cambiar )

Google photo

Estás comentando usando tu cuenta de Google. Cerrar sesión /  Cambiar )

Imagen de Twitter

Estás comentando usando tu cuenta de Twitter. Cerrar sesión /  Cambiar )

Foto de Facebook

Estás comentando usando tu cuenta de Facebook. Cerrar sesión /  Cambiar )

Conectando a %s